Sintam-nas...

domingo, Setembro 17, 2006

Tom Jobim e Vinicius de Moraes - Amor em Paz



Foto: The lovers by Ishai



Eu amei
E amei, ai de mim, muito mais do que devia amar
E chorei
Ao sentir que iria sofrer e me desesperar

Foi então
Que da minha infinita tristeza aconteceu você
Encontrei
Em você a razão de viver e de amar em paz
E não sofrer mais
Nunca mais
Porque o amor é a coisa mais triste quando se desfaz

O amor é a coisa mais triste quando se desfaz



António Carlos Jobim (1927-1996) e Vinicius de Moraes (1913-1980)

3 comentários:

O'Sanji disse...

É mesmo neste post que eu quero deixar o meu toque!
Porque aqui estão "palavras que me tocam":
Foi então
Que da minha infinita tristeza aconteceu você

Muito obrigada pela tua visita ao Plan(o)Alto, e muito obrigada pelas palavras que deixas aqui.
Um beijo da
O'Sanji

Susana B. disse...

O'Sanji,
eu é que agradeço. Volta sempre.
Beijos.
Susana.

Rubens da Cunha disse...

vim aqui agradecer a visita e ouço estas músicas tão clássicas e delicadas.
obrigado pela leitura, pelo link aí do lado e pela musipoesia de vinicius e tom.
abraços
Rubens