Sintam-nas...

domingo, dezembro 10, 2006

As Minhas Palavras... 10 de Dezembro de 2006



Na semana passada, numa conversa com amigos, recordei os tempos de teatro na escola. É verdade! Participei num grupo de teatro da escola. Não tinha muito jeito para a coisa, mas a experiência deixou-me muito boas recordações.

Foi então que me lembrei de um café-concerto que organizámos e que foi, na minha opinião, a experiência com maior sucesso.

O café concerto consistiu em transformarmos o bar de uma escola secundária, num bar acolhedor, onde se recitou poesia, onde se recitaram textos e onde se cantou... Os actores estavam sentados, à mesa, misturados com o público e, a seu tempo, erguiam-se e recitavam, cantavam e dramatizavam os textos que haviamos escolhido.

Sinceramente, não me recordo que texto recitei, mas recordo-me de um texto fantástico, de Almada Negreiros, que foi muito bem dito por um amigo, que já não vejo à muitos anos, o Paulo Bartolomeu.

Foi um texto que me marcou pela irreverência e pelo espiríto combativo, numa altura em que a minha identidade política se estava a formar, moldar, crescer...

Fiquem com o Manifesto Anti-Dantas, do Almada Negreiros.

Beijinhos e Abraços.

Susana.


Sem comentários: