Sintam-nas...

domingo, fevereiro 11, 2007

Fernanda Guimarães - Confissão



Foto: Pascal Renoux



Confesso que acordo
Com o sabor dos teus beijos
Espreguiçando-se em meus lábios
Confesso que saio às ruas
Com tuas carícias insones
Despindo a pele que me cobre
Confesso que em meus ouvidos
Ainda permanecem os teus gemidos
Musicando minhas lembranças
Confesso que minhas mãos
Guardam o mapa dos teus tesouros
Quando em tantas viagens te explorei
Confesso que meu corpo
Ainda tem tua fragrância
Debruçada nua em cada poro
Confesso que faço correr o tempo
Transformando horas em segundos
Para em teus braços me encontrar
Confesso que te deito em meus sonhos
Nos cetíneos lençóis do prazer
Deixando as digitais do meu êxtase em ti
Confesso
E não quero perdão ou indulto
Por meu coração te respirar...



Fernanda Guimarães (Poetisa Brasileira)

3 comentários:

Fernanda Guimarães disse...

Olá,
Fiquei feliz em encontrar um trabalho meu aqui publicado.
Gostaria apenas de corrigir o título da poesia: "Confissão".
Caso desejes conhecer outros trabalhos d eminha autoria, visite:
www.fernandaguimaraes.com.br

Susana B. disse...

Fernanda,

peço desculpa pelo erro. Já corrigi o título.

Com certeza que vou voltar ao teu site, pois gostei muito da tua escrita.

Um abraço.

Susana.

Fernanda Guimarães disse...

Agradeço-te pela correção e palavras generosas!
Um abraço,
Fernanda