Sintam-nas...

domingo, abril 15, 2007

Lavínia Saad - Coração de lava



Foto: Explode, de Ugly



Um coração de lava:
Aqui brotam farpas,
Disparam labaredas.

Fumegantes correntezas
Serpenteiam,
Lentas e letais,

Por minhas entranhas--
Borbulhantes,
Sulfurosas.

Mas nesta boca
Forrada de cinzas,
De dentes cerrados,

Uma língua sonolenta
Trava a garganta:
Pedregulho-represa.

De entre meus lábios
Despencam frias
Cascatas de mármore

Lapidado.



Lavínia Saad (Poetisa e tradutora brasileira, 1975- )

Sem comentários: