Sintam-nas...

domingo, julho 29, 2007

Gunnar Ekelöf - Fundi uma bala…



Foto: Love is a bullet, de A.J.



Fundi uma bala para ti
Para te atingir no meu próprio coração
É de pedra, talhada por forçados
É de chumbo, temperado no sangue
É de ferro, temperada no mel
É de minério, talhada
Em toscas mordeduras
Para mais dilacerar
Para que sintas enfim
O que quer dizer morte de amor.



Gunnar Ekelöf (Poeta e escritor sueco, 1903-1968)

2 comentários:

Anónimo disse...

adorei o poema...
como me toca, como me identifico..

Anónimo disse...

adorei o poema...
como me toca, como me identifico..