Sintam-nas...

segunda-feira, dezembro 31, 2007

Carlos Queirós - Amizade



Foto: Intimacy, by Amsterdammed



De mais ninguém, senão de ti, preciso:
Do teu sereno olhar, do teu sorriso,
Da tua mão pousada no meu ombro.
Ouvir-te murmurar: “Espera e confia!”
E sentir converter-se em harmonia,
O que era, dantes, confusão e assombro.




Carlos Queirós (Poeta português, 1907-1949)

Sem comentários: