Sintam-nas...

terça-feira, fevereiro 05, 2008

Armindo Rodrigues - Delicada e Robusta



Foto: Gamine, de Paulo Almeida



Delicada e robusta
te quero e te louvo.
companheira do lar,
companheira de luta.
Andas sempre ao meu lado,
no trabalho e no ócio.
Cheiras a sexo e a cravos.
Sabes-me a almece e a bolo.




Armindo Rodrigues (Médico, tradutor e poeta português, 1904–1993)

Sem comentários: