Sintam-nas...

domingo, dezembro 03, 2006

Mário Cesariny - Raio de luz




Foto: Depois da tempestade, de Jaime Bahia



Burgueses somos nós todos
ou ainda menos.
Burgueses somos nós todos
desde pequenos.

Burgueses somos nós todos
ó literatos.
Burgueses somos nós todos
ratos e gatos

Burgueses somos nós todos
por nossas mãos.
Burgueses somos nós todos
que horror irmãos.

Burgueses somos nós todos
ou ainda menos.
Burgueses somos nós todos
desde pequenos.



Mário Cesariny (Poeta e pintor português, 1923-2006)

Sem comentários: