Sintam-nas...

domingo, junho 03, 2007

Bernardim Ribeiro - O Malaventurado



Foto: Paradise lost, de Piotr Kowalik



Mudei terra, mudei vida
Mudei paixão em paixão
Vi a alma de mim partida,
Nunca de meu coração
Vi minha dor despedida.

E eu, mal aventurado
Morro-me, andando assim
Entre cuidado e cuidado.

Ante tamanhas mudanças
De um cabo minha suspeita,
E de outro desconfiança
Deixam-se em grande estreita
E levam-se as esperanças.

E eu mal aventurado
Morro-me, andando assim
Entre cuidado e cuidado.

Eu morrera e acabara
E meu mal fora acabado
Não vira tal perdição
De mim e de tanta coisa
Perdido tudo em vão:
Porque a paixão não repousa
Em outra maior paixão.

Oh! quem bem aventurado
Fora já se me matara
Minha dor ou meu cuidado.



Bernardim Ribeiro (Poeta português, 1482? — 1552?)

Sem comentários: